David McCleelland

Teoria da Automotivação de David McCleelland

Teoria da Automotivação de David McCleelland

Teoria da Automotivação de David McCleelland

Teoria da Automotivação de David McCleelland.

Existem diversas teorias que supõem quais seriam os principais fatores responsáveis pela automotivação humana, uma das teorias mais aceitas é a elaborada por David McCleelland, que baseou sua explicação relacionada a motivação utilizando a necessidade como responsável por gerar a motivação para as ações de cada pessoa.

De acordo com a teoria do autor do livro “The Achieving Society” as necessidades base utilizadas para elaboração de seu estudo foram as necessidades de realização, afiliação e a necessidade de poder, a teoria é feita para tentar explicar como essas três necessidades influenciam na realização das ações humanas.

Ao Longo do Tempo

Em sua teoria McCleelland afirma que todas as três necessidades são aprendidas ao longo do tempo pela sociedade, sem exceção, sendo plenamente ligadas as experiências vivenciadas por cada individuo.

Sendo variável para cada pessoa, uma das necessidades sempre irá se sobressair, fazendo com que uma delas seja dominante sobre o indivíduo, o que irá determinar qual necessidade irá ser a dominante são experiências vivenciadas por cada um, que são o que encaminham como será a essência de cada pessoa.

Por fim, apesar de uma das necessidades ser a dominante, nenhum indivíduo estará sujeito a somente um dos três grupos.

Tipos de Necessidades Dominantes

Segundo McCleelland, quem possuí a necessidade de realização como dominante é propenso a estipular objetivos desafiadores, correndo riscos calculados para alcançar suas metas, também possuí a necessidade de frequentemente receber um feedback sobre suas realizações e portanto seus progressos, é comum que pessoas que se identificam com este grupo tenham gosto por trabalhar sozinhas.

Já as pessoas que tem a necessidade de afiliação como dominante acreditam que precisam pertencer a um grupo ao qual o máximo de pessoas possível gostem do seu jeito, para isto irá fazer repetidas vezes o que o resto do grupo quiser fazer, está pessoa tem preferencia pela colaboração e não pela competição, além de não se identificar com situações de incertezas e riscos elevados.

Por último, os pertencentes ao grupo da necessidade de poder como dominante são pessoas que possuem tendência a querer controlar e exercer influência sobre outros, tem um gosto especialmente diferente ao ganhar argumentações ou competições de modo geral, tendo interesse no reconhecimento e na superioridade que é gerada.

Aplicar a Teoria de David McCleelland

Para aplicar a teoria de McCleelland com a automotivação é necessário que cada pessoa reconheça qual sua necessidade dominante, entendendo o quanto se identifica com cada um dos três grupos.

Caso esse reconhecimento de entendê-la que o caminho que está sendo traçado seja o errado, que tente se adaptar a outro ao qual acredite que é melhor para gerar a própria motivação, mas caso seja concluído que o grupo dominante seja realmente o que encaixa melhor a essência da própria pessoa, então é necessário apenas manter o mesmo raciocínio, já que segundo a teoria a cada experiência vivida, o grau de proximidade com a necessidade tende a aumentar.

Teoria da Automotivação de David McCleelland

Necessidade Motivadora Dominante Características Desta Pessoa
Realização Forte necessidade de definir e alcançar objetivos desafiadores;

Corre riscos calculados para alcançar os seus objetivos;

Gosta de receber feedback regularmente sobre os processos e realizações;

Frequentemente gosta de trabalhar sozinha;

Afiliação Quer pertencer ao grupo;

Quer que gostem dela e vai fazer, muitas vezes, aquilo que o resto do grupo quiser fazer;

Prefere colaboração à competição;

Não gosta de incerteza de riscos elevados.

Poder Quer controlar e influenciar os outros;

Gosta de ganhar as argumentações;

Gosta de competição e de ganhar;

Gosta do status e do reconhecimento.

 

Teoria da Automotivação de David McCleelland

David Clarence McClelland (20 de maio de 1917 – 27 de março de 1998) foi um psicólogo norte – americano , conhecido por seu trabalho sobre a motivação Need Theory

Fonte: Wikipedia

 

Leia Também:

Inteligência Emocional

O que é Inteligência emocional? É um conceito da Psicologia?

Teoria X – Conceitos de Liderança

Teoria X – Conceitos Básicos De Liderança Frente a Este Perfil

 

Posted in Coaching and tagged .