Liderança Teoria X – Conceitos Básicos

Liderança Teoria X Conceitos BásicosLiderança Teoria X – Conceitos Básicos

Liderança Teoria X – Conceitos Básicos

Um trabalhador visto por um gerente de visão X parte do pressuposto de que o trabalhador é preguiçoso e que necessita de motivação, pois seu entendimento referente ao trabalho é como um mal necessário e somente por obrigação para ganhar dinheiro.

Não gosta de trabalho e o faz somente quando é compelido.

O homem é visto como um indivíduo carente, onde limita o crescimento dos funcionários e não se importa com a valorização e realização pessoal.

Assim, a motivação é desnecessária, sendo o que prevalece é o uso de sua visão dentro dos conceitos com a maior autoridade para garantir a direção e controle dos funcionários.

Trabalhador da Teoria X

O trabalhador é indolente e preguiçoso por natureza.

  • Falta-lhe ambição.
  • O ser humano é egocêntrico
  • Sua dependência torna-o incapaz de autocontrole e autodisciplina
  • Resistente a mudanças
  • Rígido e autocrático.
  • Esquemas e padrões planejados e organizados
  • As pessoas são meros recursos de produção.
  • A administração é um processo de dirigir as pessoas, controlar suas ações e modificar o comportamento das pessoas tendo em vista os interesses da organização.
  • Benefícios econômicos como forma de incentivo e punição.

O trabalhador da teoria X pode ser representado por uma pessoal que sempre esta em busca do dinheiro, mas por outro lado não faz nada para que isso possa acontecer em outra palavras fica esperando as coisas caírem do céu ao seu favor.

Seguindo esta linha raciocínio o líder que tem em sua equipe um colaborador com estas características devem observar os seguintes pontos para aplicar em sua liderança teoria X.

A Liderança Teoria X – Concepção tradicional de direção e controle.

  • O Indivíduo precisa ser controlado, dirigido, coagido e punido, para que produza no trabalho;
  • Indivíduos carentes, que se esforçam para satisfazer a hierarquia de necessidades básicas,
    sem sonhos ou realizações algumas;
  • Não tem condições de assumir responsabilidades;
  • A participação destes funcionários é sempre influenciada através da manipulação por
    recompensas básicas e imediatas;
  • A liderança deve assumir uma postura autocrática.

Paradigmas – Liderança Teoria X

Nesta teoria, a administração assume que os funcionários são inerentemente preguiçosos e evitam o trabalho, sempre que puderem e, inerentemente, não gostam do trabalho.

Como resultado disto, a administração acredita que os trabalhadores precisam ser supervisionados de perto, devendo ser desenvolvidos sistemas abrangentes de controles.

A estrutura hierárquica é necessária com envergadura estreita de controle em cada nível.

Crenças desta teoria levam à desconfiança, supervisão altamente restritiva, e uma atmosfera punitiva.

O gerente Teoria X tende a acreditar que tudo deve terminar culpando alguém.

Ele pensa que todos os empregados em potencial só pensam em si mesmos.

Normalmente, esses gerentes sentem que o único propósito da participação do empregado no trabalho é o dinheiro.

Eles vão culpar a pessoa em primeiro lugar na maioria das situações, sem questionar se isso pode ser o sistema, a política, ou a falta de treinamento que merece levar a culpa.

Um gerente de Teoria X acredita que seus funcionários realmente não querem trabalhar, que eles preferem evitar a responsabilidade e que é serviço do gerente estruturar o trabalho e energizar o empregado.

Uma grande falha deste estilo de gestão é que é muito mais provável de causar deseconomias de escala de forma sistêmica.

 

O que é Inteligência emocional? É um conceito da Psicologia?

Salário Mínimo